domingo, 28 de setembro de 2008

Mais uma dose


A vida em suspensão é sempre intragável para mim.

Ou o dinheiro já se tornou meu dono. Ou minha felicidade é justamente caro.

Ah, tenha pena de mim, Pensamento. Deixa de lembrar a falta e passa já para o contentamento.

Deixa estar. Pra minha segunda falta quase nada...

E tudo continua ser peleja. E quem gosta da mansidão???
Estou de saída. Minha lucidez reclama uma dose de alegria etílica.

4 comentários:

Roger Willian disse...

"...Ah, tenha pena de mim, Pensamento. Deixa de lembrar a falta e passa já para o contentamento..."

excelente :) ta certa curta esse momento curtoo mas renovador saida com os amigos é sempre bom!! :)

Sentimentalidades-Todas disse...

E porque a melancolia está demodé, vou me forçando ver um luz no fim do túnel... "não vá pra Luz, Mônica.. fique com nosco..." kkkkk

obrigada, querido, por aparecer.....

Roger Willian disse...

cadê o post novo?? bjus ahasr

Poeta Urbano disse...

minha lucidez reclama

realmente..estou entre o sóbrio e o ébrio agora...

e li o teu post lah no meu blog!!!

me visite mais vezes e me adicione no orkut, isso é uma ordem, tá?

bjos senhorita de Belém