sábado, 8 de maio de 2010

Noite especial



"E eu não quero ir, não posso ir pra lado algum
Enquanto não voltar
Não quero que isso aqui dentro de mim
Vá embora e tome outro lugar
Talvez a vida mude e nossa estrada pode se cruzar
Amor, meu grande amor, estou sentindo
Que esta chegando a hora de dormir"

- Nossa, quanto tempo não ouço essa música!! Ela é do tempo em que namorávamos. Aliás, a maioria dessas ai. Engraçado a gente aqui, depois de tudo, escutando juntos essa música...

Avalanche de lembranças. Algumas boas, que ainda hoje fazem o coração um pouco mais leve e contente. Outras fazem par com aquela justa sensação de enjoou que associo ao sofrimento que nos causamos (eu e minhas loucas somatizações). Para alguns, apenas um sintoma de gravidez. Pra mim, representa tudo o que é possível destruir em quem se gosta (se gostou).

Em muitas tarde de sábado, enquanto insistentemente eu te chamava, "meu amor maior", a música que era quase uma suplica - não me perca tão cedo!!! - tomava o quarto, que era igualmente frio como as minhas mãos ansiosas, impacientes que não conseguiam se afastar do celular. E o dia se passava, me deixando uma certeza insuportável de que só migalhas de tempo me restariam.

- Porque não atendias o celular. Não pensavas que eu podia estar do outro lado angustiada de tanto te querer (interrogação)
- Tá... tudo bem. Mas promete que não vai fazer isso nunca mais com seus amores. Não é justo com o outro nem com você. Vou te cobrar isso... não quero imaginar que novamente você escolheu o sofrimento à companhia de quem te quer. 

Mas não é tempo de lamentações ou tristezas do passado. Pelo contrário. Hoje a noite é de festa. Você já merecia ter nosso moleque pertinho por uma noite inteira. Velar-lhe o sono e saber as dores de dormir num minúsculo canto da cama. E o café da manhã será a hora de rir dessa gostosa aventura. Porque hoje é o baile do pijama dos meninos. E eu vou rezar por vocês dois, meus queridos!
Boa noite!

2 comentários:

Ricardo Valente disse...

Muito legal. Deu até pra ver o menino.
Lindo!
Abraço

Eu Reflexo d'Alma e Meus Reflexos disse...

Ei!
Sumida!
Te espero.
Passa nesse blog do meu amigo aqui:
Depois me diz se gosta: http://espacodonuno.blogspot.com/