quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Beijo

Acho que o roubei o primeiro beijo.

Igual aqueles que, na meninice, rouba-se do amiguinho mais querido, “perfeitinho”, especial.
De certo modo, o beijo foi mesmo num amigo desses, mas distante. Sem cheiro e nem gosto. Sem peso ou mão.
Foi num menino com a casa nas costas. Que ria e se escondia – tentava - atrás da coluna. Ria e quase não me achava.
Se fecho os olhos ainda posso vê-lo brincar.
Um beijo pode ser alegria do reencontro, carinho extravasado, atracar no porto certo.
Pode ser parque de diversão, recompensa e até alento.
Para tantas horas de voo
Ou tantos anos de espera.






9 comentários:

Sandro Honorato disse...

Olá e ai tudo bem?
Gostei do texto.
O beijo tem vários significados,mas esse foi algo especial. Algo de quem ama de vedade um amigo.
Tenho um novo post,visita?
RIMAS DO PRETO

Beijos

Julio Cesar disse...

Oi M.,
...anos na prateleira tiram o brilho da embalagem. A beleza fica para os sensíveis. O valor verdadeiro que existe para além do pó que a muito pairou e aportou na superficie e que filtra a qualidade dos que observam.
ah...a meninice, a infancia não transparece na parte mais visível de minha pele...mas ela está lá.
Sim, ainda sou, e feliz me sinto, o menino que sobe ao muro montando-o a cavalo, ...que atrevidamente e de impetuosidade infantil alcança a bochecha com os lábios com o sabor da vitoria dos invasores de atenas. Meu ato quase heroico (a mim sim..sim...) palpita-me e me hipoventila...como se houvesse aplicado o selo da abdução. Será? segundos de prelúdio que parecem horas...e a menina de tranças, de olhar e jeito travesso por baixo do impecável e limpido vestidinho vira-se com sorriso, e com maturidade sedutora sorri.
Eu acho que 'ainda veio' um: 'voce é meu melhor amigo'... mas nesse momento eu estava estonteado demais para perceber qualquer coisa para alem do seu olhar.

Quer comer o algodão doce comigo?

JLM

PS:o dia que eu deixar a infancia será o dia que eu terei morrido.

José María Souza Costa disse...

Tens coisas que só a vã filosofia explica. rsrsrsr
Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Tempo Livre disse...

Lindo, lindo, lindo!!!!

O melhor beijo mesmo, é aquele dá vontade de atracar nosso barquinho no porto...

Adorei!


beijo grande, e muita felicidade em 2011!

Sentimentalidades-Todas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sentimentalidades-Todas disse...

Julio meu amado e melhor amigo:
Acho mesmo que o seu encanto está no jeito de menino que calça all star, anda com um mundo nas costas e tendo o rosto emoldurado por lindos fios cor de prata. (Porque sabes que adoro contrapontos...rs)

E sim, aceito dividir com você um enorme algodão doce que pinte nossos dedos!

Te amo!

Maria Rita disse...

É no beijo que mora a intimidade da alma.

Beijos e um Feliz Ano Novo pra Ti

Confissões de uma borboleta disse...

Certos beijos trazem consigo uma inocência, que é melhor deixa-los lá, intocados na memória...Vim te desejar um feliz ano novo Mônica, vc foi uma presença sempre especial em meu blog esse ano. Beijos

Carolina disse...

Oi minha amiga
linda tirinha de meiguice. Ali escondido e inconciente surgia um amor, neste passado tão perto? rsrsrs

Que venha 2011 cheio de força na vida, fé e muito, muiiito amor para todos nós merecedores das belas coisas da vida.

Bjo grande