sábado, 29 de janeiro de 2011

Uma paz me tomou repentinamentoe quando sentei ao lado da moça de terço na mão. Estranha paz, hipnotizante cena roubada pelo canto do olho e quase interrompida pelo celular que me chama.
Ela me parece tão concentrada e perdida em sussurros. Seus dedos dançam com as pequenas contas de madeira.Começo a achar que este dia tem um fio condutor, um tema. Há tempos não tenho um desses por aqui. Não raro eles têm sido turvos, desbotados (ou essa fui eu?). Estive na superficie deles. Mas minhas pelejas de sempre, meu sofrer antigo, me trazem o beneficio da profundidade.
Afundei-me em horas de tristeza. Escrevi sobre meu coração. Chorei e paralize, mas suponho que a mensagem aguardada pode estar chegando. E hoje volto pra casa com sorriso nos lábios que irão beijá-los.
Resolvi fazer o concurso que por semanas professei aos quantros cantos do meu mundo ser pouco demais para mim... Entusiasmo chegando.

4 comentários:

Franck disse...

Que a paz esteja contigo! Que as transformações venham, como o convurso... Tenho dias de inquietações e quero mudanças para 2011!
Bjs*

O Antagonista disse...

É isso... Entusiasmo é o segredo para uma vida feliz!Bjo!

Tempo Livre disse...

Entusiasmo é o catalizador para realizações. Sorte!

bjs

[ rod ] ® disse...

O sentir só é possível aos essencialmente dispostos a sofrer.

Bjs moça.